Início

Historia da Modalidade

·          O Futvolei foi criado no Brasil, em 1965, por  um grupo de rapazes liderados pelo ex-jogador de futebol Otávio de Morais. Em plena ditadura e com a polícia a proibir a prática do futebol nas praias a partir de um horário definido, Otávio e seus amigos resolveram jogar futebol, utilizando uma quadra de Volei de praia, em frente à Rua Bolívar, em Copacabana. Vários jogadores profissionais da época, como Carlinhos, Didi e vários outros, passaram a jogar e praticar o Futvolei de praia.

A novidade começou a espalhar-se por todas as praias do Rio de Janeiro. Na década de 80, este desporto começou a despertar interesse junto dos Media, designadamente nas televisões.

As transmissões televisivas contribuíram para o êxito da modalidade e, em pouco tempo, o Futvolei tornou-se num desporto obrigatório nas praias do Rio, e do Brasil.

Os jogadores profissionais de futebol como Renato Gaúcho, Edmundo e, principalmente, Romário surgiram em diversas demonstrações e, assim, projectaram o Futvolei.

Começam a surgir as primeiras associações de Futvolei e, em 1998, é criada a Confederação Brasileira de Futvolei.

 

Iniciam-se os primeiros campeonatos oficiais e por todos os Estados Brasileiros foram constituídas as respectivas Federações. Actualmente o Futvolei é praticado em todo o Brasil.

Os jogadores com maior destaque são Romário, Renan, Helinho, Belo, Magrão, Luciano, Andre He-Man, Ronaldinho, Guimarães, Gabriel, Xeleléu, Beco e Ninho.

·          A FFvP, Federação de Futvolei Portuguesa, iniciou a sua actividade em 2000, mas só em 7 de Junho de 2004 foi constituída por escritura, publicação em Diário da Republica, em 27 Agosto 2004 – Diário da República-III SÉRIE 19352 – (5).

A sede é na Rua Cândido Reis, lote A, 2º Esq. – 2775 – Carcavelos.

 

·          Fundadores

Jorge Alves, Gestor Desportivo – ex-jogador de futebol profissional;

Dr.ª Isabel Carvalho, advogada – praticou várias modalidades;

Dr. Manuel Costa, psicólogo – ex-jogador de futebol;

Hélder Rui, funcionário público – ex-jogador de futebol federado;

João Paulo, funcionário público – ex-jogador de futebol federado.

Sobre

• Missão
– A Federação de Futvolei Portuguesa é uma associação sem fins lucrativos com a designação FFvP e que tutela a modalidade de Futvolei em Portugal;
– tem como missão promover a prática desportiva, nesta modalidade;
– promover e realizar os Campeonatos Nacionais e a Taça de Portugal, bem como etapas dos circuitos Europeu e Mundial de Futvolei, em Portugal;
– formar atletas, árbitros e dirigentes;
– representar Portugal nas provas dos organismos em que é filiada, desde 2003 e 2004 – a Internacional Footvolley Federation e a European Footvolley Federation.
– a FFvP escolhe os atletas para as selecções de Futvolei ( sénior, júnior, Juvenil, Iniciado, Infantil, Escolas, masculinas e femininas).

• Objectivos
A FFvP tem como principais objectivos:
– levar o Futvolei a todo o País;
– levar o nome de Portugal o mais longe possível nas competições Mundiais e Europeias;
-dar apoio a todos os seus filiados, atletas, duplas, clubes e associações;
– fazer cumprir todas as regras da Modalidade.

• Valores
A FFvP orienta-se por um conjunto de princípios: Modernidade, Responsabilidade, Competência, Solidariedade, Igualdade de Oportunidades e Ética. Assume uma transparência de valores e cria igualdades para todos que queiram abraçar esta modalidade

• Recursos Humanos
FFvP aposta nos recursos humanos, porque são eles que definem uma estrutura capaz de responder aos projectos de uma modalidade onde quase tudo está por fazer
O Futvolei é uma mais valia para os jovens e população em geral, contribuindo, em simultâneo, para a Indústria do Turismo em Portugal.

Historia da Modalidade

·          O Futvolei foi criado no Brasil, em 1965, por  um grupo de rapazes liderados pelo ex-jogador de futebol Otávio de Morais. Em plena ditadura e com a polícia a proibir a prática do futebol nas praias a partir de um horário definido, Otávio e seus amigos resolveram jogar futebol, utilizando uma quadra de Volei de praia, em frente à Rua Bolívar, em Copacabana. Vários jogadores profissionais da época, como Carlinhos, Didi e vários outros, passaram a jogar e praticar o Futvolei de praia.

A novidade começou a espalhar-se por todas as praias do Rio de Janeiro. Na década de 80, este desporto começou a despertar interesse junto dos Media, designadamente nas televisões.

As transmissões televisivas contribuíram para o êxito da modalidade e, em pouco tempo, o Futvolei tornou-se num desporto obrigatório nas praias do Rio, e do Brasil.

Os jogadores profissionais de futebol como Renato Gaúcho, Edmundo e, principalmente, Romário surgiram em diversas demonstrações e, assim, projectaram o Futvolei.

Começam a surgir as primeiras associações de Futvolei e, em 1998, é criada a Confederação Brasileira de Futvolei.

 

Iniciam-se os primeiros campeonatos oficiais e por todos os Estados Brasileiros foram constituídas as respectivas Federações. Actualmente o Futvolei é praticado em todo o Brasil.

Os jogadores com maior destaque são Romário, Renan, Helinho, Belo, Magrão, Luciano, Andre He-Man, Ronaldinho, Guimarães, Gabriel, Xeleléu, Beco e Ninho.

·          A FFvP, Federação de Futvolei Portuguesa, iniciou a sua actividade em 2000, mas só em 7 de Junho de 2004 foi constituída por escritura, publicação em Diário da Republica, em 27 Agosto 2004 – Diário da República-III SÉRIE 19352 – (5).

A sede é na Rua Cândido Reis, lote A, 2º Esq. – 2775 – Carcavelos.

 

·          Fundadores

Jorge Alves, Gestor Desportivo – ex-jogador de futebol profissional;

Dr.ª Isabel Carvalho, advogada – praticou várias modalidades;

Dr. Manuel Costa, psicólogo – ex-jogador de futebol;

Hélder Rui, funcionário público – ex-jogador de futebol federado;

João Paulo, funcionário público – ex-jogador de futebol federado.

Historia da Modalidade

·          O Futvolei foi criado no Brasil, em 1965, por  um grupo de rapazes liderados pelo ex-jogador de futebol Otávio de Morais. Em plena ditadura e com a polícia a proibir a prática do futebol nas praias a partir de um horário definido, Otávio e seus amigos resolveram jogar futebol, utilizando uma quadra de Volei de praia, em frente à Rua Bolívar, em Copacabana. Vários jogadores profissionais da época, como Carlinhos, Didi e vários outros, passaram a jogar e praticar o Futvolei de praia.

A novidade começou a espalhar-se por todas as praias do Rio de Janeiro. Na década de 80, este desporto começou a despertar interesse junto dos Media, designadamente nas televisões.

As transmissões televisivas contribuíram para o êxito da modalidade e, em pouco tempo, o Futvolei tornou-se num desporto obrigatório nas praias do Rio, e do Brasil.

Os jogadores profissionais de futebol como Renato Gaúcho, Edmundo e, principalmente, Romário surgiram em diversas demonstrações e, assim, projectaram o Futvolei.

Começam a surgir as primeiras associações de Futvolei e, em 1998, é criada a Confederação Brasileira de Futvolei.

 

Iniciam-se os primeiros campeonatos oficiais e por todos os Estados Brasileiros foram constituídas as respectivas Federações. Actualmente o Futvolei é praticado em todo o Brasil.

Os jogadores com maior destaque são Romário, Renan, Helinho, Belo, Magrão, Luciano, Andre He-Man, Ronaldinho, Guimarães, Gabriel, Xeleléu, Beco e Ninho.

·          A FFvP, Federação de Futvolei Portuguesa, iniciou a sua actividade em 2000, mas só em 7 de Junho de 2004 foi constituída por escritura, publicação em Diário da Republica, em 27 Agosto 2004 – Diário da República-III SÉRIE 19352 – (5).

A sede é na Rua Cândido Reis, lote A, 2º Esq. – 2775 – Carcavelos.

 

·          Fundadores

Jorge Alves, Gestor Desportivo – ex-jogador de futebol profissional;

Dr.ª Isabel Carvalho, advogada – praticou várias modalidades;

Dr. Manuel Costa, psicólogo – ex-jogador de futebol;

Hélder Rui, funcionário público – ex-jogador de futebol federado;

João Paulo, funcionário público – ex-jogador de futebol federado.

Contacto

Rua Candido Reis Lote A

2º Esquerdo Carcavelos Cascais Portugal

Tm.:917 029 026